segunda-feira, 6 de abril de 2020

Anvisa faz teste de coronavírus em 75 tripulantes do navio Costa Fascinosa, no Porto de Santos, e permite desembarque

 Lídia Maria de Melo   (Texto, Fotos e Vídeo)
                                                                                                                                                          
Costa Fascinosa segue da barra para o Porto de Santos, às
17h30 do dia 28 de março de 2020. Entre os mais de
 750 tripulantes a bordo, 35 apresentavam sintomas 
de contaminação  pelo coronavírus. 
Foto: Lídia Maria de Melo
Neste domingo (5/4/2020), 75 tripulantes brasileiros receberam autorização da Anvisa para desembarcar do navio Costa Fascinosa, de bandeira italiana, que está no Porto de Santos, no litoral do Estado de São Paulo.
De 17 a 28 de março, a embarcação permaneceu ancorado na barra de Santos, com mais de 750 tripulantes a bordo.
Nove já tinham sido retirados do navio, porque apresentaram sintomas mais graves de covid-19, por contaminação do coronavírus, e foram internados em hospital da cidade.
No dia 28 de março, às 17h30, o Costa Fascinosa atracou no cais do Porto, mas os tripulantes não tiveram permissão de desembarcar.
Passaram a ser monitorados pela Anvisa, porque havia 35 contaminados a bordo. (assistam ao vídeo).



A Anvisa realizou testes rápidos em 75 tripulantes. Em função do resultado, todos foram liberados para o desembarque.
Segundo o jornal Folha Santista, a empresa Costa Cruzeiros , responsável pelo Costa Fascinosa, alguns desses tripulantes tiveram resultado positivo para o fator que indica a presença de anticorpos contra o vírus no organismo.
Esse dado é um indicativo de que superaram o contágio e estão imunes. Já outros apresentaram resultado negativo. Ou seja, não foram contaminados.    
Ainda continuam a bordo 679 tripulantes, sem poder desembarcar. Entre eles, 30 estão com a covid-19.
Uma outra embarcação se alterna entre o porto e a barra de Santos. É o MSC Seaview.

O MSC Seaview transita entre o Porto de Santos e a barra, até
 que  possa retornar para a Europa. 30 de março de 2020, às 11h30.
Foto: Lídia Maria de Melo

Nenhum comentário: