sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Entrevista com Guillermo Arriaga:
''Contar historias me sedujo desde niño''


Guillermo Arriaga é escritor. São de sua autoria os romances Um Doce Aroma de MorteO Búfalo da Noite e Esquadrão Guilhotina, além do livro de contos Retorno 201. Mexicano, ele também é cineasta. Escreveu o roteiro dos filmes longa-metragens Vidas que se Cruzam (que também dirigiu), Babel, Os Três Enterros de Melquíades Estrada21 Gramas e Amores Brutos, além dos curta-metragens El Pozo e Rogelio.
A seguir, reproduzo a íntegra da entrevista que ele me concedeu e que serviu de base para a reportagem que publiquei no post anterior a este, intitulada Guillermo Arriaga: um escritor à mercê de seus personagens. O site Resenhando também publicou a reportagem.
Na entrevista abaixo, perguntas e respostas estão em espanhol, língua natal do entrevistado.
A hablantes de español: por favor, perdóname los errores en las preguntas. Yo no sé perfectamente su idioma.
(Para ler, clique nas páginas. Para leer, haga clic em las paginas). 






Nenhum comentário: