segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Fogos de artifícios deveriam ser proibidos no Brasil

Lamento profundamente a morte do cinegrafista Santiago Ilídio Andrade, mais um colega que se vai no exercício da profissão. Neste momento, só me ocorre reafirmar uma posição que defendo há muitos anos: os fogos de artifício deveriam ser proibidos em todo o Brasil.
O único uso permitido seria em espetáculos pirotécnicos, como os do Réveillon, quando a segurança estivesse totalmente garantida por especialistas.
A produção, a venda e a manipulação desses produtos são de altíssimo risco. Sempre foram. Por que as autoridades não tomam uma medida mais drástica e definitiva em relação a esse assunto?
Minha solidariedade à família.
Imagens de Santiago Ilídio Andrade, atingido e ferido por um rojão durante manifestação contra aumento das passagens de ônibus, no centro do Rio de Janeiro, no dia 6 de fevereiro.

Nenhum comentário: