segunda-feira, 12 de abril de 2010

Regresso

Voltei do Atlântico depois de ver como é navegar em mar aberto.
Balancei por um dia, como se ainda flutuasse sobre as ondas, mas estava feliz.
Depois, enlutei.
O porto que me acolheu perdeu vidas. Centenas! Logo após ter deixado minha alma em festa.
Quando me recuperar desse sentimento e tiver coragem de ver as fotos dos dias ensolarados, venho aqui escrever sobre o cruzeiro a bordo do Grand Celebration e da visita ao Rio de Janeiro e da passagem diante de Niterói.

Nenhum comentário: