Direitos Autorais

Não reproduza textos, fotos e vídeos deste blog sem autorização da autora.
Mesmo com autorização, se utilizar algum conteúdo, mencione a fonte
e a autoria. Lei 9.610/98.

Translate

sábado, 16 de abril de 2011

Que peixe é esse? Carapau ao leite de coco


Cozinhar não é, nem nunca foi, meu ponto forte. Raramente, eu cozinho. Quando desempenho essa atividade é por pura necessidade. Em casa, minha mãe é que se encarrega dessa tarefa.
Hoje, fui ao Mercado de Peixes. Poderia ter comprado salmão, peixe que adoro e sei fazer ensopado, seguindo receita de minha mãe. Ou ter levado porquinho, um pescado de carne branca, que também fica gostoso cozido.
Mas acatei o conselho da vendedora, após esperar um tempo por uma vaga para estacionar meu carro. Comprei carapau. Esse peixe não é famoso, mas tem uma carne saborosa e é fácil de preparar. Claro, depois que o peixeiro limpa e corta em postas.
Estava fresquinho. Isso eu pude constatar pelo estado das guelras. Vermelhas, vermelhas. Presença de sangue é atestado de captura recente.
Temperei com sal, limão e um dente de alho (passado no espremedor). Preparei um molho com azeite de oliva, tomate sem casca e sem sementes, cebola, cheiro verde, coloral e uma pitada de sal. Refoguei e depois coloquei as postas na panela. Adicionei um pouco de água e deixei cozinhar. Quando o peixe já estava cozido, despejei um vidro de leite de coco. Usei um vidro inteiro porque cozinhei dois quilos de carapau. Utilizaria meio litro, se a quantidade fosse menor.
Deixei dar uma fervura para o leite se misturar ao caldo e apaguei o fogo.
Pronto. Como ninguém reclamou, acho que ficou bom. Meu paladar aprovou.

Nenhum comentário: