Direitos Autorais

Não reproduza textos, fotos e vídeos deste blog sem autorização da autora.
Mesmo com autorização, se utilizar algum conteúdo, mencione a fonte
e a autoria. Lei 9.610/98.

Translate

sexta-feira, 27 de maio de 2011

O que ameaça mais: a Bandeira Brasileira no Monte Serrat ou a falta de áreas verdes?

Fotos de Lídia Maria de Melo (clique nelas para ampliar)
O Ministério Público Estadual recomendou à Prefeitura de Santos que retire a Bandeira do Brasil do alto do Monte Serrat. O argumento é que ela ofende visualmente o bem protegido, no caso o Santuário da Padroeira da Cidade, e afronta a legislação referente à proteção de área.
O MP deve estar respaldado na legislação para fazer tal recomendação. Mas será que o bom senso está prevalecendo?   
Se o Ministério Público quer mesmo preservar o patrimônio de Santos, primeiro deve começar a cuidar da população.
Precisa se posicionar com firmeza quando houver vazamento de gás e outros produtos químicos que podem atingir o bem maior que é a vida humana.
Tem ainda que agir em relação às edificações deterioradas, que ameaçam a integridade física dos cidadãos.
Bolsão verde: Praça Caio Ribeiro de Moraes e Silva na Aparecida
Deve exigir que os poucos bolsões verdes da Cidade sejam mantidos intactos. O ar, a fauna exuberante que habita essas áreas e nossos pulmões agradecem.

Bolsão verde: Arvoredo em área do AME e DRS IV  na Aparecida

Bolsão verde: Arvoredo em área da Previdência Social na Aparecida
Não deve permitir a construção de um museu atrás da Pinacoteca Benedicto Calixto, que está em processo de tombamento. Nos fundos daquele patrimônio, há um jardim maravilhoso, composto de árvores frondosas, que não deveriam ser destruídas. Ali é um viveiro natural de pássaros e outras espécies.

Jardim ao fundo da Pinacoteca Benedicto Calixto é um viveiro...

... que está ameaçado por obras do futuro museu
Senhores representantes do Ministério Público, será que o conceito de visibilidade do bem tombado é sempre respeitado em Santos? Pensem!
Então, deixem a Bandeira Brasileira tremular, bela e impávida, no alto do morro que abriga o Santuário da Padroeira da Cidade, Nossa Senhora do Monte Serrat.

Um comentário:

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Pois é, Lidia. Tanto problema sério a resolver e ficam procurando pelo em ovo. Apoiado!

abs
Marcelo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...