Direitos Autorais

Não reproduza textos, fotos e vídeos deste blog sem autorização da autora.
Mesmo com autorização, se utilizar algum conteúdo, mencione a fonte
e a autoria. Lei 9.610/98.

Translate

terça-feira, 12 de julho de 2016

Cassius Clay, para sempre um campeão

Nascido em 17 de janeiro de 1942, nos Estados Unidos, Cassius Clay, ou Muhammad Ali, morreu no dia 3 de junho deste ano em seu país.
Parece tarde, mas não é, para prestar minha reverência pública ao grande ídolo de minha infância.
Ídolo que citei na página 23 de meu livro "Raul Soares, Um Navio Tatuado em Nós".
O pugilista afro-americano foi um homem de atitude. Preferiu cumprir 5 anos de prisão, perder o título de campeão do mundo e o cinturão de ouro, a ter de matar ou morrer na Guerra do Vietnã. 
Meu pai o admirava extremamente por esse ato e por outras posições políticas que assumiu ao longo de sua vida.
Tornou-se um verdadeiro herói. Um super-herói.
Descanse em paz, campeão! Seu nome está gravado na História.
Na página 23 de meu livro "Raul Soares, Um Navio Tatuado em Nós",
cito a admiração de meu pai por Cassius Clay. 


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...