Direitos Autorais

Não reproduza textos, fotos e vídeos deste blog sem autorização da autora.
Mesmo com autorização, se utilizar algum conteúdo, mencione a fonte
e a autoria. Lei 9.610/98.

Translate

sábado, 5 de julho de 2014

Em 1994, Leonardo foi expulso ao ferir Tab Ramos.
Em 2014, Zuniga tira Neymar da Copa sem punição

Durante o jogo do Brasil com a Colômbia, não pude gritar, nem comentar, nem praguejar, mas não houve problema. Gesticulei, dei soco no ar e comemorei em silêncio. Ainda mais porque Thiago Silva (após escanteio cobrado por Neymar Jr..) e David Luiz (o zagueiro cacheado que, num gesto grandioso, consolou o atacante oponente no final da peleja) nos puseram à frente do adversário. Mas perder Neymar para uma jogada desleal foi o mesmo que "ganhar e não levar".
Em 1994, nosso lateral Leonardo deu uma cotovelada no jogador Tab Ramos (dos Estados Unidos), que provocou fraturas no crânio e no maxilar do meio-campo. Leonardo levou cartão vermelho e ficou fora do resto da Copa.
No jogo de ontem, o colombiano Camilo Zúniga não foi sequer advertido. As imagens anteriores à agressão mostram que ele estava rodeando Neymar e planejando o golpe.
Assim como a mordida do uruguaio Luis Suárez no italiano Chiellini, esse ataque também foi intencional. E agora, como fica?

Nenhum comentário: