Direitos Autorais

Não reproduza textos, fotos e vídeos deste blog sem autorização da autora.
Mesmo com autorização, se utilizar algum conteúdo, mencione a fonte
e a autoria. Lei 9.610/98.

Translate

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Suárez repete 2010 e é de novo o herói do Uruguai

Como eu não era nascida em 1950, não tenho trauma do Maracanaço. Então, posso dizer: não resisto ao Uruguai. Suárez é genial.
Em 2010, ele foi o responsável pela classificação da Celeste nas quartas-de-final. Fez pênalti, defendendo uma bola de Gana com a mão, porque o goleiro estava caído. Foi expulso com um cartão vermelho, mas garantiu a vaga.
Isso porque o jogador de Gana perdeu a cobrança da penalidade máxima e os dois times terminaram a partida da morte empatados. Na prorrogação, durante a cobrança de pênaltis, deu Uruguai, com o último gol convertido por Loco Abreu, ex-Botafogo.
A Celeste terminou o campeonato mundial de 2010 em quarto lugar. Perdeu o terceiro para a Alemanha. Diego Forlán conquistou a bola de ouro, com o título de melhor jogador da Copa, realizada na África do Sul.
Agora, na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, Luis Alberto Suárez vem de uma cirurgia e faz dois gols. Ele é muito bom! Tem muito talento e força de vontade! Basta lembrar que há um mês estava em cadeira de rodas. Não dá para resistir. Entre o Uruguai e a Inglaterra, fico com a garra da Celeste.
Do time inglês, gosto do uniforme branco. A equipe britânica lutou, teve um gol de Wayne Rooney, o sósia de Flea, o baixista do Red Hot Chili Peppers, mas os uruguaios cresceram. Suárez foi gigante. Saiu de campo cheio de cãibras, mas classificou a equipe. Foi um jogo que deu gosto de ver.
Avante, uruguaios, desde que não seja para estragar a festa dos brasileiros. 

Nenhum comentário: