Direitos Autorais

Não reproduza textos, fotos e vídeos deste blog sem autorização da autora.
Mesmo com autorização, se utilizar algum conteúdo, mencione a fonte
e a autoria. Lei 9.610/98.

Translate

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Entre comes, bebes e presentes de Natal,
uma breve pausa para reflexão



É Natal. Entre um pedaço de peru, um gole de champanhe e a abertura de presentes, façamos  uma pausa para reflexão. 
Apesar de termos sido feitos à imagem e semelhante de nosso Criador, não somos perfeitos. E é nessa característica que reside toda nossa humanidade, por mais incoerente que isso possa parecer.
Toda a natureza é assim: aparentemente contraditória e incrivelmente perfeita.
Se há um instante de som, há outro de silêncio. Se a noite nos deixa no breu, a luz do dia nos permite enxergar os detalhes da paisagem. Se surge uma doença, a cura pode chegar, mas, se acaso não chega, damos um jeito de seguir em frente mesmo com limitações. Às vezes, choramos, depois sorrimos. Sentimos raiva e esquecemos. Somos feridos e perdoamos. Ferimos e somos perdoados. Tudo, só por um motivo: somos capazes de amar.
Não precisamos ser anjos, nem viver em um paraíso. Precisamos é aprender a conviver com as divergências, as contradições, as dificuldades, as frustrações, as perdas...  E  não podemos abrir mão de continuar sendo humanos.
Deixo aqui de presente as imagens que fiz no Natal Luz em Gramado (Rio Grande do Sul) em janeiro de 2009. Lá o espetáculo de rua só termina em meados de janeiro.
Feliz Natal.

Nenhum comentário: