Direitos Autorais

Não reproduza textos, fotos e vídeos deste blog sem autorização da autora.
Mesmo com autorização, se utilizar algum conteúdo, mencione a fonte
e a autoria. Lei 9.610/98.

Translate

terça-feira, 12 de julho de 2011

Você já ouviu falar da austríaca Graz?

(Clique nas fotos para ampliar) 
Centro Histórico
Wikipédia/Chri17
Você já ouviu falar de Graz? É o segundo maior município da Áustria.
Em 2001, sua Câmara Municipal declarou-a Cidade dos Direitos Humanos.
Por causa desse título, seu filho mais famoso, o ator Arnold Schwarzenegger, também governador da Califórnia (EUA), é alvo de uma história que merece ser conhecida.
Às 16h32 de ontem, um internauta  de Graz acessou meu blog. Acompanho a localização dos visitantes por meio do Clustrmaps, do Who´s Amung us,  do  NeoWork e dos recursos do Blogger. As informações são atualizadas a cada acesso. (Mas calma! Não   consigo saber quem é o visitante. O sistema garante o anonimato do internauta).
O que me chamou a atenção nessa visita foi o nome da cidade. Nunca tinha ouvido falar nela. Então, fui pesquisar.
Encontrei fotos lindas do centro histórico e descobri que ela é considerada  Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco desde 1999. É capital do estado da Estíria. (Não sabia que a Áustria, um país tão pequeno, fosse dividida em estados. Cabeça de quem está acostumada com um Brasil de dimensões continentais e com estados maiores do que a Áustria). 
Universidade de Graz
Wikipédia/Benutzer Plp
 Graz concentra seis instituições de ensino superior.
Que delícia deve ser estudar em um lugar com aquele visual! Deve haver uma semelhança com ser universitário em Ouro Preto (MG), cidade para onde eu e minha irmã "fugíamos" nos feriados quando éramos universitárias. Linda e aconchegante.
Em 2008, sua população era de 252.852 habitantes.
Vou fazer um trocadilho infame: Graz é uma graça. É mesmo.
Torre do Relógio
Wikipédia/David Iliff (Diliff)
Fica às margens do Rio Mur, no sudoeste da Áustria. De trem, ela está a duas horas e meia de Viena. A 50 quilômetros dela encontra-se a cidade de Maribor, na Eslovênia. Mais perto do que Santos e São Paulo.
A maioria da população é católica (65,4%) e fala alemão (88,3%). Os demais comunicam-se com o idioma turco, 2,7%; croata, 1,3%; esloveno, 0,8%. Os outros 6,9% que não aparecem na pesquisa não devem se comunicar. Brincadeira. Diluídos em percentuais muitíssimo menores devem usar dialetos ou línguas que não têm representatividade na contagem.
Em 2003, Graz foi Capital Europeia da Cultura. Acho que está na hora de conhecer essa beleza incrustada entre montanhas.
No estado de Estiria, onde Graz se localiza, existem inúmeras delícias culinárias. Encontrei uma receita de bolo de maçã no site Receitas Austríacas Doces.

Outros acessos recentes (fonte Clustmaps):
Outro local que se sobressaiu na relação de acessos de ontem (às 21h52) foi Charleston, na Carolina do Sul (Estados Unidos), conforme quadro acima. Foi a primeira vez que observei esse registro.
Já Mountain View, na Califórnia (EUA), tem aparecido com constância desde o mês passado.
O blog registra acessos de diversas localidades do planeta, como pode ser visto no final da página à direita, no mapa do Clustrmaps (para ampliar, basta clicar nele). As marcações em vermelho indicam as visitas mais antigas. As amarelas referem-se às mais recentes (do dia).
O NeoWork mantém uma lista contínua dos países onde há acessos (também no fim da página à direita).
Bom saber que alguém em algum lugar lê, ou apenas vê, o que publico.

Um comentário:

Rafael Motta disse...

Sempre há, Lídia. Nesta rede virtual, não existe isolamento e se aprende "de graça" (só para não perder o trocadilho). Talvez eu teste o Clustmaps. Por ora, vejo as estatísticas fornecidas pelo Blogspot e me surpreendo com a origem dos acessos: Irã (será o Ahmadinejad?), Portugal, Alemanha, Letônia... O mundo é mesmo pequeno.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...