Direitos Autorais

Não reproduza textos, fotos e vídeos deste blog sem autorização da autora.
Mesmo com autorização, se utilizar algum conteúdo, mencione a fonte
e a autoria. Lei 9.610/98.

Translate

domingo, 17 de outubro de 2010

Jingles e propagandas antigas,
marcas na história e na memória



Os jingles são músicas, com mensagens publicitárias, elaboradas com o intuito de fixar uma marca, um nome, uma empresa ou um produto na mente do consumidor.
O do eterno candidato José Maria Eymael, por exemplo, é um dos mais conhecidos atualmente, porque se repete a cada campanha eleitoral: ''Ey, ey, ey  mael/ Um democrata cristão...''
O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, quando se candidatou a deputado federal em 2002, fez dobradinha com Rodrigo Garcia, a estadual. Ambos foram eleitos. O jingle da dupla foi o melhor daquela campanha: ''Quem sabe, sabe/ vota comigo./ Federal é Kassab/ Estadual é Rodrigo''.
Voltando bastante no tempo, o ex-presidente e ex-governador Jânio Quadros se consagrou com o jingle:  "Varre, varre, varre, varre, varre vassourinha/ Varre, varre a bandalheira/ Que o povo já está cansado/ De sofrer desta maneira/ Jânio Quadros é a esperança/ Desse povo abandonado''.
Fundada em 7 de maio de 1927 e incorporada por outras empresas a partir de 2006, a Varig (Viação Aérea Riograndense) deixou sua marca na história da aviação brasileira também por meio de jingles. 
Alguns são de autoria de Archimedes Messina, como o Varig Portugal (''Seu Cabral ia navegando/quando alguém logo foi gritando:/ 'Terra à vista!'/ Foi descoberto o Brasil./ A turma gritava:/ 'Bem-vindo seu Cabral' etc etc etc), o Varig Japão (''Urashima Taro./ um pobre pescador/ salvou uma tartaruga/ e ela como prêmio/ ao Brasil o levou etc, etc etc'') e o Varig Volta ao Japão.
Em 1967, Caetano Zama compôs uma outra canção que praticamente virou o hino da empresa: ''Estrela das Américas no céu azul/ iluminando de Norte a Sul/ mensagem de amor e paz/ nasceu Jesus/ chegou Natal/ Papai Noel voando a jato pelo céu/ trazendo um Natal/ de felicidade/ e um ano-novo cheio de prosperidade/ Varig, Varig, Varig''. Anos depois, a mesma letra teve a expressão ''Estrela das Américas'' trocada por ''Estrela brasileira''. Veja Jorge Ben (agora Jorge Benjor) cantando:

Um outro jingle faz menção à fusão da Varig com a Cruzeiro.
E assim as publicidades musicais foram contando a história da companhia ao longo dos anos.
Muitas delas podem ser ouvidas no site Clube do Jingle-companhias aéreas, que relembra as músicas promocionais de outras marcas e empresas.
Lembra da Pipoca com Guaraná? Está aqui.
E aquele da US Top? ''Liberdade é uma calça velha azul e desbotada, denim, indigo blue''. Clique para ouvir.
Ou veja aqui:

Há muito mais. É só procurar aqui.
Leia também esta reportagem da Folha  publicada em 2006, que tem link para ouvir jingles.
Se você não se contenta com a audição do jingle e quer mais, também pode ver:
















O tema  pode ser pesquisado ainda nestes links:
Propagandas antigas   http://www.propagandasantigas.blogspot.com
Propagandas antigas1 http://www.propagandasantigas1.blogger.com.br/
Propagandas antigas 2 http://www.jave.blogger.com.br/index.html
Propagandas antigas 3 http://www.propagandasantigas3.blogger.com.br/
Museu Virtual da Propaganda  http://www.memoriadapropaganda.org.br/ 
Museu da Televisão  http://www.museudatv.com.br/ 
Memória Viva http://www.memoriaviva.com.br/
Museu da Coca-cola http://www.jipemania.com/coke/
Clube do Jingle http://www.clubedojingle.com
Casa do Poster http://www.casadoposter.com.br/
Reclames http://fotolog.terra.com.br/reclames_antigos
Bom divertimento.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...