Direitos Autorais

Não reproduza textos, fotos e vídeos deste blog sem autorização da autora.
Mesmo com autorização, se utilizar algum conteúdo, mencione a fonte
e a autoria. Lei 9.610/98.

Translate

domingo, 12 de setembro de 2010

As eleições estão aí, mas não sei se poderei votar

Não sei se poderei ir votar para presidente, governador, senadores, deputado federal e deputado estadual no dia 3 de outubro.
Só me dei conta na semana passada. Fiz cirurgias no pé esquerdo e estou com gesso até o joelho, sem poder pisar o chão. Só me locomovo de muletas e com muita dificuldade.
A escola onde está instalada minha seção eleitoral tem elevador, mas não sei se funciona e nem em que parte está localizado no prédio.
Para chegar até lá, terei que ir de carro. Como não posso dirigir, o familiar que me transportar terá que procurar uma vaga para estacionar. E isso não é coisa fácil.
Nesse caso, ficarei sozinha na calçada do colégio, me equilibrando numa perna só e com as muletas. Depois, precisarei transpor todo o pátio e localizar o elevador.
Minha seção fica no segundo andar e no final do corredor. Em todas as vezes em que votei lá, sempre utilizei escadas e não me lembro de ter visto o elevador. Logo, não deve ficar próximo da sala onde eu voto. Com certeza será mais outra caminhada pelo longo corredor.
Para mim, na atual condição, ir do meu quarto até a cozinha já é uma excursão. E no final da noite, doem meus ombros, minhas mãos e meu pé direito, sem contar a junção do fêmur com o quadril. Tudo por causa da força que preciso fazer para me carregar sem meu pé esquerdo. A gente só sabe o tamanho do sacrifício e a falta que faz qualquer uma parte do corpo, quando fica incapacitado.
Frente a essas dificuldades, não sei o que ocorrerá no dia 3.
Lamentarei muito se não puder participar da escolha dos novos dirigentes do Brasil e do Estado de São Paulo.
Quando manifestei essa possibilidade de não votar, algumas pessoas argumentaram que existem seções específicas para deficientes, localizadas sempre no andar térreo.
Realmente, há. Mas o pedido de transferência para esses locais deveria ter sido feito até 5 de maio. Nessa época, ainda não tinha certeza de que ia ser submetida a cirurgias.
Agora, não há mais alternativa, a não ser votar ou justificar a ausência.
Na Central do Eleitor, no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), é possível esclarecer dúvidas sobre direitos e deveres em relação aos dois turnos das eleições. Clique aqui .

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...