Direitos Autorais

Não reproduza textos, fotos e vídeos deste blog sem autorização da autora.
Mesmo com autorização, se utilizar algum conteúdo, mencione a fonte
e a autoria. Lei 9.610/98.

Translate

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Tópicos sobre a Copa do Mundo
de Futebol na África do Sul


* Admirei demais os uruguaios no final da partida com Gana. Diego Forlán e outros jogadores foram consolar o atacante Gyan Asamoah, que chorava por causa da desclassificação e pelo pênaulti perdido.


* Vi quase toda a partida Holanda e Uruguai na sala de espera de uma clínica ortopédica. Como o atendimento é demorado! Tornei-me fã dos uruguaios, pela raça como lutaram no jogo. Até o final. O segundo gol foi marcado aos 47 minutos do segundo tempo. Não se intimidaram com o 3x1.


* O primeiro gol da Holanda, de Van Bronckhorst, foi um golaço aos 18 minutos. Mas Diego Forlán não deixou por menos. Empatou a partida aos 41 do primeiro tempo. O segundo gol holandês foi de Sneijder e o terceiro, de Robben. Ambos no segundo tempo. O segundo gol uruguaio foi de Maxi Pereira.

* Lamentável a forma como a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), presidida por Ricardo Teixeira, demitiu o técnico Dunga. Durante quatro anos, ele comandou a Seleção Brasileira com o aval da CBF. Se houve erros, a entidade também é responsável por eles. Ricardo Teixeira lavou as mãos, qual Pilatos, durante a entrevista que concedeu na África do Sul à imprensa brasileira.

* A CBF poderia dar exemplo de dignidade. Despedir um técnico por uma nota publicada em um site é uma atitude, no mínimo, desprezível. Demonstra que a cúpula da entidade que comanda o futebol também deveria ser substituída. O lugar deveria ser ocupado por pessoas que também têm atitude desportiva. Gente que saiba respeitar profissionais e, antes de tudo, seres humanos.

* Mirem-se na atitude dos jogadores do Uruguai que foram solidários à equipe de Gana.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...